quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Calendário e dimensões


Apesar de já ter saído há algum tempo o calendário desta nova temporada, venho por este meio expor o mesmo para pessoal mais distraído ou que por acaso ainda não tenha visto.
Faz sempre falta ao pescador, e como a abertura se aproxima cá está ele!

Nota para a medida de algumas espécies que aumentou, como são os casos da truta, barbo, boga...e entre outras. Qualquer truta arco-íris que seja apanhada, não pode ser libertada, e também passa a existir defeso para barbos, bogas escalos....etc. Estas são algumas novas leis que saltam à vista. Se quiserem ter um visão mais aprofundada visitem a área da pesca no  site do ICNF.

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Mais planos de gestão para as Zonas de Pesca Lúdica ( ZPL)



Já não chegava todos os planos e proibições que nada abonam a pesca lúdica, cá vieram mais estes! Nada mais, nada menos que o ICNF no seu melhor, leiam amigos.




Condições do Ribeiro de Portuzelo


Durante a tarde de ontem passei pelo ribeiro de Portuzelo, a curiosidade falou mais alto e fui ver o estado do ribeiro.
Fiquei deveras impressionado com o ribeiro, o caudal era bastante bom para o que está a acontecer com os rios e ribeiros de Portugal. Como foi possível verificar, o ribeiro andou em força talvez no início do último mês, eram muitos os troncos, lixos, ramagem e muita vegetação do ribeiro que tinha sido arrastada pela força das águas.

A nível de peixe nada vi, aliás a água estava até um pouco fria, o que é natural nesta altura do ano e ainda por cima com o frio que se faz sentir nestes dias.
Portanto as condições estavam razoavelmente boas no ribeiro de Portuzelo, e depois de no ano passado não ter obtido grandes resultados aqui, penso que este ano a coisa vai ser diferente!!!

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Condições do ribeiro de Fragoso


Na semana passada tive a oportunidade de passar pelo ribeiro de fragoso, ribeiro que já me deu bastantes alegrias. Apesar de no ano passado quase não ter pescado nele, devido à pouca água que levava.
Pelo que vi, parece que este ano vai ser muito idêntico. O ribeiro leva pouca água para esta altura do ano, deve ser o afluente que menos água tem do Neiva.
A temperatura da água estava até bastante boa, e a nível de atividade truteira não vi nada.
Pouco caminhei junto ás margens, mas também da maneira que conheço este ribeiro já sei que não existe caudal suficiente para as trutas conseguirem subir. O ideal era uma grande cheia, para fazer as trutas subirem e bem, caso contrário vamos ter o mesmo panorama que no ano passado.

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Caudais a subir!


Numa de muitas caçadas aos tordos,  tive a oportunidade de passar ao lado de rios e ribeiros! Para meu agrado, as condições para a pesca à truta melhoraram significativamente!
As fortes chuvadas trouxeram nova vida aos rios, e assim fizeram as correntes cantar de novo e uma breve limpeza.
Agora o ideal era uma grande cheia para arrastar detritos antigos e restos de galhos das margens.
Saudações piscatórias.